17/01/2008

PARA SEMPRE...


O seu nome para sempre tatuei em meu braço.
Depois o laser apagou.
Mas com o amor no coração
o que é que eu faço?
Laser pra apagar amor
ainda não se inventou.
Não quero registrar sinais do meu cansaço.
Mas a vida sem seu abraço me descompassou.
Eu quero outra vez unir tempo e espaço.
Na cadencia em que um dia
a gente se achou.
Lac

Um comentário:

jukapensamientos disse...

Gosto muito esta genial,o tempo e o espaço eu nao estou no tempo nem no espaço,estou neste mundo inventado por los dos disfrutando de tu blog,,,,esta fantastico